claudinhobrasil.com

Música, Atitude, Cultura e Informação!

Essa é só pra você que me quer bem!

Em 09/08/2010

Pessoal, eu to muito feliz e quero compartilhar isso tudo com vocês.
Eu to numa fase muito especial da minha vida, tempo de grandes mudanças. E para um legítimo sagitariano, ainda com ascendente em sagitário, como eu, nada melhor que grandes mudanças na vida. Acompanhe!
Vários de vocês já devem saber que estou me mudando pra São Paulo (capital). Ano passado morei no Rio de Janeiro e foi maravilhoso, agora chegou à vez de invadir a capital paulista. Quem me conhece um pouco mais sabe que na verdade eu preferiria tar me mudando pra uma praia paradisíaca ou pra uma chacrinha o mais próximo da natureza possível. Mas meu trabalho exige que eu viva em grandes capitais. E você deve saber que o meu sonho, é a única coisa que eu não desisto, JAMAIS! Depois de morar 30 anos em Curitiba, um ano no Rio, chegou a vez de São Paulo e agora sinto que não volto mais pra capital gelada.
A outra mudança na minha vida é a grande auto re-descoberta das melodias, enfim, voltar a cantar, que provavelmente seja o que me de mais prazer na música, pasmem.
Pra quem não sabe, durante 8 anos da minha vida toquei bateria e cantei numa banda de rock curitibana, até hoje respeitadíssima no cenário das bandas locais, chamada Sexofone, conhecem?
Pois é, com eles gravei um disco, dois Eps e até comecei a gravar o segundo.
Nos últimos 5 anos da minha vida, vocês sabem que me dedico exclusivamente a música eletrônica e percussão brasileira, ou seja, teoricamente deixei os vocais e as composições melódicas (canções) de lado, mas sempre senti muito falta disso.
Agora me re-conheço cantor e estou amando. O primeiro fruto é a parceria com o grande Dj e produtor musical Tiko’s Groove (famoso na Europa). Com ele canto clássicos do Pop Rock misturados com e-music. O projeto tá muito legal e estamos nos apresentando nas baladas mais refinadas de São Paulo. Veja os vídeos abaixo.
Agora vem a grande novidade, estou preparando um material inédito pra vocês, fruto de 13 anos de carreira. Esse projeto será recheado de rock, brasilidade (inclusive canções com vocais em português) e música eletrônica. O resultado está ficando muito legal, mas pra ouvir esse trabalho vocês vão ter que esperar um pouco. Porque estou convicto que só vou lançar esse projeto quando ele estiver FODA! Agora estou na fase de pré-produção, colhendo opiniões de grandes profissionais e amadurecendo muito. Minha ida pra Sampa será muito importante pra desenvolver esse projeto.
O resultado disso tudo é uma satisfação imensa somada com muita alegria e muita gratidão a todos vocês que estão passando na minha vida e regando mais e mais a semente.
Esse post é pra você que vem aqui, que escuta minhas músicas, que deixa sua opiniao, que prestigia meu trabalho. Meu sincero obrigado!
Amém (que assim seja!)

Categoria: Informaçao

Rumo a felicidade!

Em 23/03/2010

Todo mundo quer ser feliz e eu acredito que todos nós, de alguma maneira, sabemos o caminho da nossa felicidade, sabemos pra que lados devemos seguir. Mas o difícil dessa vida, nesse planeta, nesse corpo, é aceitar nossas limitações. Por mais que a gente saiba o caminho a seguir arranjamos um jeito de não segui-lo! Por que na maioria das vezes não seguimos nossa voz interior. Será medo? Ou será que acabamos preferindo pelo caminho mais perto, pelo caminho mais fácil?
Por que nessa hora não lembramos que nossos sonhos estão mais distantes? Não é difícil entender isso: se os nossos sonhos tivessem perto não seriam sonhos! E é claro que para conquistá-los precisamos seguir longa estrada, longa caminhada e depois sim desfrutar da conquista.
Mas não, queremos logo desfrutar, então preferimos o caminho mais perto, o dinheiro mais perto, a travessia mais perto, o emprego mais perto.
Sim, isso tudo gera certo alívio: dinheiro na mão, emprego na mão, o caminho traçado.
Mas te pergunto: onde realmente mora nossa verdadeira felicidade?
Tem gente que opta ser frustrado com dinheiro no bolso! Isso é louco, mas muito comum! Eu garanto e já disse isso outras vezes: dinheiro não trás a felicidade que mora dentro da realização pessoal e profissional, o dinheiro trás uma serie de benefícios sim, mas tem felicidade que ele não compra, falo isso com sobriedade e clareza.
Eu não desisto jamais dos meus sonhos, vou até o fim, até a morte!
Passo o que tiver que passar, viajo pra onde tiver que ir, durmo onde for, fico sem comer, mas não desisto do meu sonho! Por que na jornada rumo ao sonho eu já me sinto feliz! Precisamos reconhecer o caminho, valorizar o meio e não só o fim.
Então por mais difícil que seja a trajetória eu já estou feliz, por que sei que estou no caminho, e nada melhor que saber o nosso caminho.
E nem vem me dizer que você não sabe o seu. Eu sei que você sabe.
Feche os olhos, de ouvidos pra sua voz interior, ela já te disse outras vezes, você que não quis ouvir!
Abraço de paz e que todos os seres sejam felizes!

Categoria: Atitude Informaçao Vida

Medite pensando!

Em 23/02/2010

Já falei sobre meditação e sobre a minha experiência em meditar no post: “Comece a meditar agora (passo a passo)!”.
Hoje o foco é um pouco diferente, porque na verdade nunca me identifiquei muito quando falam que meditação é “parar de pensar”. Já percebi que quando as pessoas escutam isso elas acabam criando um afastamento ainda maior da meditação, afinal parar de pensar ou ficar sem pensar parece muito distante da nossa realidade. Já escutei pessoas falando assim:
- Poxa, mas se eu tentar ficar sem pensar eu vou continuar pensando nisso! Pois é, por isso resolvi escrever mais esse post sobre meditação.
O primeiro e o segundo passo continuam iguais ao post anterior:
1. Sente-se no chão, com a coluna ereta, de pernas cruzadas da maneira mais confortável possível. Feche os olhos.
2. Escolha um mantra que você goste para recitar, não precisa ser em voz alta! O mantra pode ser o famoso: “Ohm”.
A primeira dica é: se concentre apenas na recitação do mantra e continue recitando (pode ser só mentalmente) o maior tempo possível. Se outros pensamentos vierem não tem problema, mas volte a se concentrar no mantra, não se preocupe com seu pensamento.
O bacana desse post é o seguinte: percebi que depois de um tempo recitando o mantra, da a impressão que a poeira da mente baixa e a visão das idéias ficam mais claras, é incrível. Existe estudos científicos que comprovam que o estado meditativo é muito criativo, muitas grandes idéias e insights despertam da meditação. Eu já tive experiências assim.
Muitas vezes quando estou passando por momentos mais difíceis na vida, de transição ou quando tenho que tomar uma decisão muito importante, eu sempre sento pra meditar e faço exatamente como expliquei acima. Pra mim funciona muito. Eu não pratico o exercício de não pensar, pelo contrario, me concentro no mantra e deixo minhas idéias fluírem.
Às vezes tenho a impressão que entro num grande túnel do pensamento com uma velocidade infinitamente veloz. As idéias parecem que ficam desobstruídas. Mas é claro q isso não acontece nos primeiros minutos de prática.
Pratique você também, te garanto que é milhares de vezes melhor que ficar virando de um lado pro outro na cama precisando tomar alguma decisão, ou tentando solucionar algum problema.

Categoria: Atitude Vida

Comece a meditar agora (passo a passo)! Você pode! É fácil!

Em 27/01/2010

Meditação passo a passo:

  1. Sente-se no chão, com a coluna ereta, de pernas cruzadas da maneira mais confortável possível. Feche os olhos.
  2. Escolha um mantra que você goste para recitar, não precisa ser em voz alta!
  3. Deixe os apegos e as aversões, pratique a equanimidade, não reaja!
  4. Sinta o gostinho da verdadeira felicidade!

Leia abaixo e entenda como isso realmente funciona!

A minha vida mudou depois que comecei a meditar. No começo eu precisava me esforçar, agora não vivo sem. Depois de muitos anos praticando a meditação resolvi fazer esse post pra poder ajudar outras pessoas que tem vontade de começar, mas ainda acham a meditação algo complicado. Garanto: meditar é muito simples!
No ano passado eu fiz uma prática de meditação de 11 dias com voto de silencio. Foi uma oportunidade incrível. Com o tempo e com a prática eu pude compreender o verdadeiro significado da meditação para mim e agora me sinto seguro para falar sobre ela. Nesse post vou ensinar você como começar e o porque de praticar a meditação.
Acompanhe o raciocínio (breve introdução).
O objetivo da meditação é o auto conhecimento, se nos conhecemos mais sofremos menos e assim sentimos mais o gostinho da verdadeira felicidade.
Há milhares de anos atrás nosso querido Buda resolveu sentar-se embaixo de uma árvore e disse que só sairia de lá depois que encontrasse a raiz do sofrimento humano. Depois de meses meditando ele encontrou: o sofrimento humano sempre nasce do apego e/ou da aversão. Isso é fácil de entender. Pense, apego aos familiares (pais, filhos, irmãos); apego à vida, apego ao trabalho, apego as minhas idéias, apego ao corpo, apego ao dinheiro, etc. Tudo isso de alguma maneira gera o sofrimento. O mesmo acontece com a aversão: aversão a alguém que me incomoda muito, aversão a uma situação que não suporto, aversão ao trabalho, aversão ao chefe, aversão ao clima quente ou frio, aversão à morte, etc. Toda aversão também gera sofrimento inevitável.
Então o que fazer?
A meditação nada mais é que praticar o desapego e a não aversão. Isso chamamos de equanimidade, que é o equilíbrio: o segredo da felicidade.

Como praticar a equanimidade?
Exercitamos a equanimidade com a prática da não reação. É simples!
Sente-se no chão, com a coluna ereta, de pernas cruzadas da maneira mais confortável possível. Feche os olhos. Depois de 10 segundos sua perna vai começar a coçar, não coce, lembre-se que precisamos exercitar a não reação, a equanimidade é o exercício do desapego, não se apegue a coceira, deixa ela ir embora. Depois de poucos segundos você vai pensar: que besteira isso tudo, tenho mais o que fazer, lembre-se, isso é aversão, não deixe a aversão te dominar, deixe ela ir embora também, não reaja. Depois de poucos segundos um mosquito vai passar ou uma mosca vai pousar em você, lembre-se que o exercício é não reagir, não crie aversão à mosca, seja equânime, permaneça imóvel, em pleno silencio, o único objetivo aqui é a não reação. Depois de 1 minuto sua perna vai começar a doer, deixe a dor ir embora, não reaja, continue meditando. Se você conseguir ficar alguns bons minutos fazendo essa prática, logo vem à recompensa: uma sensação muito prazerosa de quietude e calma. Não se prenda a ela, lembre-se que estamos praticando o desapego, o prazer também é efêmero, deixe o prazer também ir embora.
O exercício da não reação é o exercício da equanimidade.

Ser equânime é aprender a se desprender tanto do apego quanto da aversão. Quando realmente conseguimos desapegar e conseguimos não criar aversão experimentamos o gostinho da verdadeira felicidade. Depois que criamos o hábito de meditar, a equanimidade passa a ser algo mais natural e assim suportamos muito mais as dificuldades do dia-a-dia.
Quando perdemos algo que gostamos, na hora praticamos o desapego, exatamente a mesma prática que tanto exercitamos na meditação e naturalmente sofremos menos. Quando alguém nos fecha no transito, muito antes de xingarmos o próximo, exercitamos a não reação, que é a não aversão, exatamente o que praticamos na meditação.
Com a meditação você vai se tornar uma pessoa muito mais flexível, muito mais compreensiva, muito mais amorosa, ou seja, muito mais feliz.
Viu só, não tem nada de complicado na meditação. Esqueça aquela idéia que meditar é se livrar dos pensamentos, isso parece tão distante da nossa realidade.
Comece já, feche os olhos, não reaja, seja equânime e sinta a gostinho da verdadeira felicidade!

Categoria: Atitude Informaçao Vida

Um belo encontro com Marcelo Yuka!

Em 30/09/2009

Ontem conheci um cara fantástico, seu nome é Marcelo Yuka, lembrou? Sim, ele mesmo, o grande baterista e compositor que fez história e carreira na banda O Rappa e que depois de ser baleado por assaltante, ficou impossibilitado de tocar.

Nesse final de semana que passou, como divulguei, teve festa de lançamento aqui em casa, da empresa Co-creatione. Quando saí do meu quarto, me dei conta que ele estava na sala trocando idéia e gravando uma entrevista. Fiquei muito animado com sua presença.

As 20h começamos uma bonita celebração pela paz, conectada com mais 65 paises em todo mundo. Depois dessa bela celebração, foi passada a palavra para Yuka.

marcelo yukaSuas sábias palavras ainda ecoam em mim. Como é lindo ver uma pessoa que passou por momentos tão sofridos na vida, mas soube aproveitar cada instante como um belo aprendizado.

Yuka falou também do seu auto-encontro através da meditação. Disse que com ela, ele re-encontrou sua essência de luz. Nesse momento ele percebeu que era muito mais forte do que pensava, e assim descobriu que é possível (sim) ser feliz em uma cadeira de rodas. Ele finalizou dizendo que encontrou o amor, mas que o amor, para ele, veio através da dor e do sofrimento; mas que ele admirava ainda mais aquele que descobre o caminho do amor através do próprio amor.

Fiquei muito encantado com toda a verdade que fluía naturalmente através de suas palavras e com todo o amor que ele emanava.

Quando finalizou o ritual, não pude deixar de ir lá dar um abraço nesse ser de luz.

Depois de algumas horas, a festa já tinha começado e eu precisei voltar para o meu quarto para revisar meu show que faria em seguida na mesma festa. Nessa passagem, quando chegou o momento em que eu toco bateria no ar, lembrei na hora do Yuka e pensei comigo: – Ele tem que ver isso, é a cara dele! Então sai do meu quarto e fui até ele perguntar se não queria ver esse trecho do meu show. Na hora ele respondeu: – Eu preciso ver! Depois que eu lhe mostrei, ele comentou comigo: – Você ta de brincadeira cara!

Fiquei muito feliz de ver a admiração dele! Claro que aproveitei a oportunidade para mostrar mais ferramentas incríveis tecnológicas e artimanhas do Ableton Live (Software de produção musical).

Agora posso afirmar que nos tornamos amigos naquele instante! Logo depois ele já me convidou para passar um tempo com ele em seu maravilhoso estúdio chamado “Observatórios de Ecos”. Fiquei encantado com o convite, é nessas horas que tenho certeza que tudo acontece na hora certa! Isso é um sagrado presente para mim.

Mais encantado fiquei quando recebi sua ligação no dia seguinte me agradecendo. Já tinha feito essa pergunta outro dia por aqui e agora repito: existe melhor caminho que o do amor e da gratidão? É o caminho do amor que Yuka descobriu e mudou sua vida! Agora ele muda a vida de muitos outros seres. Inclusive, hoje em dia, ele tem uma Ong e trabalha voluntariamente com presidiários. Não é um belíssimo paradoxo?

Amanha já tenho encontro marcado com ele no seu belíssimo estúdio. Sou muito grato também!

Agora deixo aqui um recado diretamente pra você Yuka, meu novo amigo: uma coisa eu vou ter que discordar de você cara! Quando você disse que admira mais quem encontra o amor através do amor do que quem encontra o amor através da dor! Pode acreditar em mim irmão, nesse caso não importa o caminho! O importante é encontrar o amor! Você encontrou, objetivo alcançado! Agora é só celebrar!

Que todos os seres possam desfrutar dessa descoberta! Seja através do que for!

Tim Tim Yuka!

Só com o tempo!

Em 19/09/2009

Meditar é isso:

No começo precisamos nos disciplinar para lembrar de amar.

Mas com o tempo (e só com o tempo) passamos naturalmente a amar ao longo de todo o dia.

Categoria: Atitude Vida

O tal do equilíbrio!

Em 16/09/2009

O equilíbrio talvez seja o mais difícil e o mais prazeroso de se conquistar nessa vida. Por isso me cativa o budismo tibetano que me ensina muito sobre o caminho do meio. Diariamente temos que trabalhar isso, temos que buscar o máximo de atenção possível para nos mantermos em equilíbrio.

O ser humano tem uma tendência muito grande a extremos, até por que os extremos de certa forma são mais cômodos. Por exemplo: alguém que decidi radicalmente não beber mais (bebida alcoólica). É claro que para quem tem o hábito de beber não vai ser nada fácil, mas garanto que parar radicalmente é ainda mais fácil do que aprender a beber moderadamente, que seria o caminho do meio.

o-tal-do-equilibrioAs pessoas têm manias de tomar atitudes radicais, e o mais engraçado é que as pessoas tendem a valorizar isso. Vamos continuar com esse mesmo exemplo, eu já fui um cara que bebi (muitas vezes exageradamente) e também já fiquei radicalmente sem beber. Na época em que eu não bebia nada alcoólico as pessoas achavam o máximo e diziam pra mim com orgulho: o Claudinho não bebe! Claro, que eu com toda minha aparência (fora dos padrões) achava o máximo ser um maluco beleza.

Como hoje em dia eu estou na busca incessante do equilíbrio, estou procurando cortar ao máximo o caminho dos extremos.

Sim, voltei a beber, mas hoje eu posso dizer que consigo beber moderadamente, que na minha opinião é mais difícil que não beber nada ou beber todas, mas muitas pessoas ficaram e ainda ficam frustradas quando me vêem bebendo. Já escutei comentários do tipo: – Nossa, o Claudinho ta bebendo, não acredito (me olhando com aquela cara de: esse mundo ta perdido).

Outro detalhe que eu queria dizer é que, na minha opinião, os extremos opostos são muito parecidos, por exemplo: aquele cara que era viciado em drogas, saiu do fundo do poço e virou crente fanático só mudou de vício. Exatamente pelo mesmo motivo, não adianta sair de um oposto e ir para o outro, o vício continua. Realmente o difícil é mesmo encontrar o tal do equilíbrio.

Que todos os seres tenham e possam ter a consciência do seu meio.

Categoria: Atitude Informaçao Vida

Minha visão é oposta a da maioria das pessoas!

Em 30/06/2009

Para mim tempo não é dinheiro.
Para mim tempo é vida, e vida é tudo o que temos.
Todos nos queremos ser felizes, certo?
Muita gente pensa que dinheiro compra felicidade, desculpe, mas garanto que não compra!
Me dizem assim:
- Se eu comprasse aquele carro eu resolveria todos os meus problemas!
Me desculpe, não resolveria.
Também me dizem:
- Se eu comprasse aquela casa eu seria feliz.
Me desculpe, não seria.
Me dizem também:
- Se eu pagasse minhas dívidas eu tenho certeza que seria feliz!
Desculpe, não seria.
A felicidade não está fora, garanto.
Pra mim dinheiro é conseqüência da felicidade e não conseqüência do tempo.
Entende?
Por exemplo: eu ganho tanto por mês por que sou feliz. E não: eu sou feliz por que ganho tanto por mês. Percebe a diferença?
Então meu raciocínio é o inverso da maioria das pessoas: primeiro preciso escolher fazer algo que realmente me proporcione prazer: trabalhar com o dom que deus me deu.
Agora sim!
O que vai acontecer primeiro, na ordem cronológica do tempo é minha satisfação.
Trabalhar será algo muito prazeroso e ainda terei férias como recompensa.
Qual é o sentido de trabalhar com o que não gosto o ano inteiro, para no final do ano fazer o que gosto?
Não faz sentido!
O primeiro passo é fazer o que amamos, sem nada a temer.

sem-titulo
Depois da satisfação vem a recompensa, naturalmente. Por que quando fazemos o que realmente amamos nosso olho brilha, todos percebem.
Quem não gosta de ficar perto de quem brilha? Quem não paga com prazer pra ter o que brilha, pra ver o que brilha?
Hoje em dia chamamos essa recompensa de dinheiro. Então o dinheiro é resultado de satisfação e não o contrário.
Quando não vivemos satisfeitos, achamos que o dinheiro vai comprar satisfação. Esse é o erro!
Depois de um tempo, se estivermos atentos, podemos perceber que se a satisfação não for interna, nunca ficamos realmente satisfeitos com o que vem de fora, sempre queremos mais e mais.
Assim ficamos doentes pelo consumo.
Quem nunca está satisfeito nunca está feliz.
Quem é feliz pode simplesmente ser, sem pressa e no tempo que for preciso.
Para mim: tempo é vida, e dinheiro é fruto da felicidade.

Categoria: Atitude Informaçao Vida

Siga-me com: