claudinhobrasil.com

Música, Atitude, Cultura e Informação!

Absurdoooooo! Veja (vídeo)!

Em 28/06/2009

Absurdoooooo!
Olha onde chegamos!
Isso me faz chorar!

Categoria: Vida

Xixi no banho!

Em 07/05/2009

Em homenagem aos meus amigos Mário Carta e Cíntia Marques mando a pergunta:

imagem

Sabe por quê? Descubra clicando aqui: www.xixinobanho.org.br

Categoria: Atitude Informaçao Vida

O caminho da felicidade!

Em 05/05/2009

Conclusões que cheguei sobre o caminho da felicidade, após um trabalho espiritual.

1- Se conhecer; 2- Aceitar quem você é; 3- Respeitar quem você é; 4- Respeitar os outros; 5- Retorno material e espiritual; 6- Merecimento

Acompanhe as duas situações abaixo: um ser fora e um ser dentro do seu caminho.

Um ser fora do seu caminho

1.    Se conhecer

Chamo-me João, amo lecionar, sou um ótimo professor. Sempre me destaquei no colégio e na universidade na hora de apresentar trabalhos e sempre recebi elogios quando se tratava desse assunto. Tenho ótima facilidade de comunicação.

2.    Não aceitar quem você é

O que eu amo mesmo é lecionar, mas tenho que cair na real, nos nossos dias não tem como viver bem sendo professor. Então analisei o mercado de trabalho e resolvi ser advogado.

3.    Não respeitar quem você é

Passo o dia inteiro dentro do escritório, tem dias que é insuportável. Não tenho tempo de cuidar da minha saúde mental e física.

4.    A conseqüência é não respeitar os outros

Eu fico indignado, esses dias encontrei um amigo de infância, me da até pena dele, ele é professor de um colégio público, ganha muito mal, mora numa casa muito simples. Pior que ele não tira o sorriso da cara, chega até a me incomodar.

5.    Retorno material e espiritual

Moro numa casa até legal, mas ainda não tenho a casa dos meus sonhos, não me sinto realizado, muito menos feliz. Tenho dois filhos, mas não me dou muito bem com minha esposa. Às vezes me pego refletindo sobre minha vida e o rumo que dei para ela.

6.    Merecimento

É muito estranho, tenho uma casa boa, dois filhos saudáveis fisicamente, mas não sei porque não me sinto merecedor.

Um ser no seu caminho

1.    Se conhecer

Chamo-me João, amo lecionar, sou um ótimo professor. Sempre me destaquei no colégio e na universidade na hora de apresentar trabalhos e sempre recebi elogios quando se tratava desse assunto, tenho ótima facilidade de comunicação.

2.    Aceitar quem você é

Mesmo o mercado de trabalho não sendo favorável, na minha área, resolvi fazer o que eu realmente amo: lecionar.

3.    Respeitar quem você é

Passo o dia ministrando aulas, cursos e palestras. E ainda reservo um tempo para fazer cursos e aprofundar nos meus estudos. É muito satisfatório. Estou sempre atento com minha saúde mental e física.

4.    A conseqüência é respeitar os outros

Esses dias encontrei um amigo de infância, ele me contou que também é professor, mas de um colégio público. Ele não tem o melhor salário, mora numa casa humilde, mas da pra ver no seu sorriso a satisfação de fazer o que ama e estar cumprindo sua missão.

5.    Retorno material e espiritual

Moro numa casa, não muito grande, mas muito legal, ainda não tenho a casa dos meus sonhos, mas me sinto realizado, e muito feliz. Tenho dois filhos educados e saudáveis, me relaciono muito bem com minha mulher, nos respeitamos muito. Às vezes me pego refletindo sobre minha vida e o rumo que dei para ela, ainda bem que encontrei meu caminho e pude aceitá-lo e respeitá-lo, por mais difícil que parecesse.

6.    Merecimento

O resultado de tudo isso é o respeito por mim e por todos os seres. O retorno financeiro veio naturalmente. Não sou o mais rico e nem preciso ser. Tenho saúde, moro numa casa bacana, amo minha família e meus amigos. Não preciso de mais nada, mas vou continuar trabalhando porque amo o que faço e sinto que ainda tenho muito para contribuir com o mundo e com os outros seres.

Fazer sua parte é mudar o mundo!

Claudinho Brasil

Categoria: Atitude Informaçao Vida

Plante você também essa idéia!

Em 04/05/2009

Categoria: Atitude Vida

Dicas de Produção Musical – Arranjo

Em 24/04/2009

Olá! O post de hoje mostra meu lado professor. Rs
Pra quem não sabe, eu sou um dos professores do curso de Produção Musical da AIMEC (Academia Internacional de Música Eletrônica de Curitiba) desde 2006.
Resolvi postar, aqui no meu Blog, algumas dicas de produção musical para interessados, alunos e futuros alunos, quem sabe ;)
A idéia da criação destes vídeos é do Ilan Kriger, professor e sócio fundador da AIMEC. Ele convidou alguns produtores e professores da escola para dar algumas dicas de produção. Gostei bastante do resultado final. Minha idéia é, esporadicamente, postar alguns destes vídeos para atender os interessados e também criar novos amantes desse tema tão fascinante e complexo que é: Produção Musical.
Bom proveito!

Categoria: Música

Mesmo se você não quiser ser um milionário, vale a pena assistir!

Em 21/04/2009

Na verdade o título desse filme “Quem quer ser um milionário?” não me atrai nem um pouco. Jamais seria um filme que pelo nome eu ia querer assistir. Mas nesse caso, conheci alguém especial que olhou dentro de mim e disse: – Assista esse filme, você vai gostar!
Quando esse tipo de situação acontece, eu não esqueço.
Estou a mais de um mês esperando o momento de ir. Enfim, hoje eu consegui.
No início do filme ainda estava em dúvida e achando tudo muito óbvio (típico comentário de crítico chato, e existe crítico não chato? – rsrsrs).
Depois de um tempo, mergulhei na história de uma maneira que, quando isso acontece, eu esqueço totalmente do meu mundo, da minha vida e passo a vivenciar outra realidade – adorooo!
Ser um milionário da noite pro dia nunca me atraiu, até porque sou o maior defensor da idéia de que o dinheiro deve ser conseqüência e não causa. Mas aos poucos, fui entendendo qual era a mensagem, para mim, deste filme.
Entrar na realidade da Índia, no dia-a-dia daqueles dois irmãos, na pobreza, na cumplicidade das relações, no terror das situações, no romance (que não poderia faltar) foi realmente lindo e chocante.
Foi também, uma boa maneira de refletir sobre minha vida, as mudanças, o que estou plantando, o que estou colhendo, enfim, nada é por acaso.
Como reagir em um mundo tão desigual? E como agir?
Ao meu ver, é preciso paciência e continuar seguindo com o coração. Se já estamos no caminho, então ótimo, podemos ficar em paz.
Abaixo está o trailer do filme para dar um gostinho de quero mais… ou não… hehe
Paz e bem sempre!

Categoria: Informaçao

Vídeos (por mim) do Festival Internacional de Linguagem Eletrônica!

Em 20/04/2009

Conforme o prometido, voltei lá e fiz 4 vídeos pra vocês do Festival Internacional de Linguagem Eletrônica!
Foi divertidíssimo!
Espero que vocês também gostem!


Categoria: Informaçao

A riqueza melódica de seus cânticos sagrados: índios Fulni-ô

Em 16/04/2009

Mais uma homenagem registro aqui.
Hoje é para meus amigos queridos índios, da tribo Fulni-ô de Pernambuco.

Os índios Fulni-ô vão para Curitiba, sempre no final do mês de abril e início de maio, para a Feira Internacional de Artesanato (Feiarte). Um grande amigo, o Bira, hospeda os índios em sua casa. Assim tive o privilégio de criar uma relação afetuosa com os mesmos desde 2002. Nesse tempo pude gravar seus cantos sagrados e presenteá-los – dois deles e uma mensagem especial em Yaathê deixada pelo índio Towê, da mesma tribo, estão no CD que vem encartado no meu livro: A Modernização da Música Primitiva (faixas 14, 15 e 16).
A cultura indígena me ensinou muito sobre: o canto, a fala, o poder da fala, o pensar antes de falar, o respeito à fala do outro, o silêncio, o poder do silêncio, a quietude, a relação sagrada do homem com a natureza a que devo o maior respeito, o saber-se quem se é.

Os índios Fulni-ô vivem no vale do rio Ipanema, na região de Águas Belas, interior de Pernambuco. Guardam com zelo suas tradições, nomes, religiosidade e sua língua, o Yaathê, é uma das poucas preservadas entre as línguas das etnias da região nordeste. A musicalidade e a alegria desse povo refletem-se na riqueza melódica de seus cânticos sagrados e na riqueza coreográfica de suas danças.

Fonte: Livro A Modernização da Música Primitiva

Categoria: Informaçao Música

Siga-me com: